Prefeituras do Maranhão na mira da Polícia Federal por suspeita de fraudes em licitações com recursos para a Covid-19

 


A Polícia Federal tem deflagrado desde ontem (02), operações para apurar possíveis desvios de recursos da Covid-19, em prefeituras do Maranhão.

Na manhã de ontem a prefeitura da cidade de Pinheiro administrada pelo prefeito Luciano Genésio foi a primeira a ser visitada ser alvo da operação, segundo a Polícia Federal e AGU, durante as investigações, foi verificado que a gestão Luciano Genésio contratou, por dispensa de licitação e em caráter emergencial, uma empresa de capacidade técnica e operacional duvidosa para fornecimento de seis mil testes rápidos para detecção da doença, no valor de R$ 960 mil.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação, peculato, lavagem de capitais e associação criminosa.


Hoje dia (03), foi a vez da PF  cumprir, sete mandatos de busca e apreensão 
no município de Imperatriz, em operação que mira a gestão do prefeito Assis Ramos (DEM), segundo informações as investigados têm relação com a dispensa ilegal de licitação, com sobrepreço, que culminou com a contratação de empresa de fachada, integrada por sócios laranjas, para fornecimento de refeições para atender demanda do Centro Municipal de Tratamento da Covid-19. A contratação foi celebrada em 2020 pela Semus (Secretaria Municipal da Saúde), principal alvo da ostensiva, com recursos públicos destinados para enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Publicidade


As investigações tiveram início após monitoramento de licitações e contratações públicas, desenvolvido no âmbito do Ministério Público do Estado do MA e Ministério Público Federal, nesta cidade, com base em parecer técnico apontando irregularidades no processo de seleção de empresas para prestação de serviço.

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, fraude à licitação, corrupção ativa e passiva, dentre outras infrações penais.

Publicidade


Rua Ciro Rêgo 156 no centro de Pedreiras. Tel: 98112 0589 Baixe nosso app

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.