Sobre o lockdown “fomos surpreendidos”, afirma Simplício Araújo após pedido feito por defensores públicos



O secretário de Indústria e Comércio do Maranhão, Simplício Araújo, revelou surpresa com o pedido de decretação de um novo lockdown por parte dos defensores públicos Clarice Binda, Cosmo da Silva e Diego Bugs, na última segunda-feira (1). O titular da SEINC, afirmou: “fomos surpreendidos”.

Simplício falou no plural, pois ele estava reunido no Ministério Público com o procurador-geral Eduardo Nicolau e os promotores Claudio Guimarães e Reinaldo Campos, que juntos discutiam quais medidas adotarem durante esse período para tentar controlar os casos de covid-19 e evitar o menor prejuízo possível a economia do estado.

O titular da SEINC reconhece o estado de atenção, “temos que ter cautela”, mas qualquer outro posicionamento deve ser tomado com muito dialogo e aguardar qual será o posicionamento da Justiça diante desse pedido dos defensores públicos.

Simplício afirmou: “Sobre o pedido de Lockdown, em se tratando de uma ação judicial, respeitamos a autonomia do Judiciário. Mas consideramos que, em face dos esforços da equipe do governo e dos profissionais da saúde, não há razão para a medida extrema, nesse momento, precisamos de muito diálogo agora”.




Publicidade


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.