Após Flávio Dino derrotar a família Sarney Weverton Rocha pode trazer a antiga oligarquia ao poder no Maranhão


Após décadas de lutas travadas pela oposição maranhense que por longos anos foi liderada pelo ex-governador Dr. Jackson Lago e vários outros grandes quadros da oposição maranhense, para tirar uma das mais antigas oligarquias do poder, no Brasil, o Senador Weverton Rocha acende uma luz direcionada a casa grande do calhau.

Em mais uma de suas obsessão de voar alto no cenário político, o ex-suplente de deputado federal que chegou ao senador com as bênçãos de Flávio Dino, não tem medido esforços para chegar ao comando do Palácio dos Leões. Weverton tem sido implacável quando o assunto é as eleições de Outubro do próximo ano.

Após articular nos bastidores o apoio do (MDB), para apoiar Neto Evangelista nas eleições 2020, Rocha já dava os primeiros passos para configurar 2022, que começou a ser montado no segundo turno das eleições da capital quando ele e o (DEM) de Juscelino trabalharam nos bastidores para consolidar a eleição de Braide para prefeito de São Luís, e ajudar a derrotar o grupo liderado por Flávio Dino que apoiou  Duarte Júnior candidato do partido do vice-governador Carlos Brandão.

Weverton Rocha diga se de passagem é um bom jogador, centroavante habilidoso e matador isso não se pode negar! Prova disso foi sua silenciosa presença na área da FAMEM, quando na hora certa ele ajudou Erlânio Xavier a liquidar o jogo e mais uma vez derrotar o time de Carlos Brandão e Josimar Maranhãozinho.

Não obstante Weverton observando que Dino não vai ceder fácil a ideia de ter Brandão como seu candidato a governador, o que ficou claro em sua postagem no  twitter onde o governador faz referência a fidelidade e  agradeceu a Brandão a correção e lealdade com que tem ocupado o cargo de vice-governador.


O senador do( PDT), resolveu partir para mais uma jogada que pode bagunçar o time governista e colocar em risco a candidatura de Flávio Dino ao senado, segundo informações Weverton Rocha tem articulado com Roseana a vaga ao Senado em sua chapa. E tentado fazer com que a ex-governadora desista de sair candidata a deputada federal como já foi anunciada por ela.

Caso isso aconteça, além de conseguir uma forte aliada Weverton com seu potencial eleitoral mostrado em sua eleição para o senado quando ultrapassou a votação de Flávio Dino para governador, estará ressuscitando a antiga oligarquia que comandou o Maranhão por longos 50 anos e colocando a antiga oposição como coadjuvante. 

Por Geovane Leal

Publicidade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.