Movimento Renova Mearim esteve presente na sessão que aprovou a CPP para processar e caçar o de Pedreiras prefeito Antônio França




Na manhã desta Sexta-Feira (26), a Câmara Municipal de Pedreiras realizou mais uma sessão ordinária, com a presença de 12 vereadores no plenário da casa, com a ausência do vereador Gard, que participou da sessão via vídeo conferência.

A sessão de hoje era bastante esperada pela população pedreirense tendo em vista que mais uma vez os vereadores iria votar mais uma comissão parlamentar processante.

Publicidade

Diferente da sessão passa, hoje os vereadores de pedreiras por 10 votos a favor e apenas 02 contra aprovaram, a CPP para processar afastar e caçar o mandato do prefeito de Pedreiras Antônio França, que foi condenado pelo juiz Marco Adriano Fonseca, no processo Antonio França de Sousa foi condenado a penalidades previstas na Lei nº. 8.429/92 (Lei da Improbidade Administrativa): ressarcimento integral do dano no valor de R$ 6 mil. Ação foi movida pelo Ministério Público, que teve como autoria os vereadores Elcinho Gírio e Sérgio Profírio.
Vereadores Sergio Profiro e Elcinho

Vejam os nomes dos vereadores que votaram contra e a favor da abertura da comissão:

Adonias Quineiro, Didi Motos, Ceiça Feitosa, Elcinho Gírio, Filemon Neto, Sérgio Profírio, Jotinha Oliveira, Zé de Renato, Gard Furtado e Robson Rios, votaram favorável a abertura da CPP

Votaram contra a abertura da CPP: Zezinho do Amor e Aristóteles Sampaio “Totinho”.


A formação da comissão escolhidos por sorteio ficou assim:

Vereadora presidente Ceiça

Relator vereador Jotinha

Zé Renato membro da comissão

Maurício autor do pedido da comissão e representantes do movimento Renova Mearim

Vale ressaltar o importante papel da sociedade civil em  cobrar dos parlamentares o seu real papel de fazer valer a lei, dando destaque para o movimento Renova Mearim, sob a coordenação dos jovens Daniel Reis, Jonis e principalmente autor do pedido popular que levou a denúncia a Câmara Municipal para abertura da CPP Maurício Luís Assis.

O Estúdio S irá acompanhar de perto toda tramitação do processo que pode culminar com a cassação do prefeito de Pedreiras Antônio França.

Publicidade
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.