Em Reunião remota PCdoB de Trizidela do Vale confirma Ana Cláudia pré-candidata a prefeita e 17 pré-candidatos a vereadores


Após a confirmação  do prazo para realização sem adiamento das convenções para as eleições municipais 2020 a política  em Trizidela do Vale se movimenta. 
Nesta noite o PCdoB realizou reunião remota com  alguns de seus pré candidatos. O partido está com uma chapa com 17 nomes para concorrer ao cargo de vereadores, todos com chances iguais de assumir uma cadeira.

Participaram além  dos pré candidatos a vereadores a presidente municipal do partido Ana Cláudia e pré-candidata ao cargo majoritário  de Prefeita , O dirigente municipal Lúcio Maia e dirigente Estadual Mávio Rocha.
Pré-candidata Ana Cláudia

O PCdoB  inicia diálogos com forças de oposição para definição da chapa majoritária.

Houve consenso entre os participantes manter discurso próprio  que sempre foi de oposição. Hoje o PCdoB através da sua organização mostrou que é uma força política consolidada dentro do município. Apesar da impossibilidade de encontro presencial devido a pandemia o partido realizou reunião de forma remota com uso da internet pois é mais que primordial escutar, debater e definir democraticamente, com a participação de todos, os direcionamentos que serão tomados para as eleições vindouras.
Publicidade

Ter sua própria pauta e seguir seu próprio direcionamento levou ao crescimento do partido e assim vai permanecer para definir seu posicionamento na composição da chapa majoritária para concorrer nas próximas eleições. Trabalho  consistente e coerente.  O Partido defende a importância da alternância do poder. Não tem como gerar novas oportunidades para o município com as mesmas pessoas no comando por tanto tempo. Esse é o diferencial do partido. Novos nomes e uma nova política. A população do município se queixa pela falta  de novas lideranças, novos rostos. O partido se apresenta com esse propósito. Novos nomes, novas propostas e condutas.
Publicidade
Desde o início o partido manteve uma postura de diálogo e conciliação  com forças políticas e partidos políticos para construir uma frente de oposição. Assim sendo, entende  que não pode responder pelas escolhas de outros partidos e lideranças. Cada um que tenha a coragem e hombridade de assumir o lado que escolheu atuar na próxima  eleição. Nada de covardia e nem vitimismo, muito menos responsabilizar este ou aquele por suas próprias  escolhas. 
Assim o PCdoB vai se portar. Com coragem.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.