Pedreiras: Após pedido da classe comercial para não haver demissões em massa Prefeito Antônio França determina reabertura do comércio.




Após decreto que determinou o fechamento total do comércio de Pedreiras para diminuir as aglomerações no centro comercial da cidade, alguns empresários tem ficado preocupados no sentido de como iram ficar a situação de empresas e funcionários.

Até mesmo a população tem se dividido, grande parte dela tem opinião de que o fechamento total ou parcial das atividades não é solução para diminuição de contaminados com o novo coronavírus. 

Publicidade


Levando em consideração que mesmo com as atividades comerciais suspensas não foi visto a ausência da população nas ruas, pelo contrário em alguns momentos teve um aumento considerável de pessoas nas ruas.

Essa semana a classe empresarial de Pedreiras buscando evitar demissões em massa pela falta de vendas e até mesmo recebimentos de prestações como foi determinado no decreto anterior editado pela administração municipal, vários comerciantes resolveram enviar um documento com assinaturas de empresários para o prefeito Antônio França.

Publicidade

De posse do documento que solicita a reabertura do comércio o prefeito resolveu editar um novo decreto estabelecendo o funcionamento do comércio não essencial de 12 às 18hs, mas algumas atividades não foram atendidas e continuarão fechadas, ou terá que fazer agendamentos para atender clientes.

Veja como ficou essas categorias: São de Beleza e cabeleireiros somente com atendimentos agendado, bares devem ficar fechados mantendo a determinação do decreto.

Na educação continua mantida a suspensão das aulas presenciais.

Academias só poderão funcionar se manter as recomendações sanitárias exigidas pelas autoridades de saúde.




Publicidade

Vale lembrar que diversas outras cidades não foram suspensas as atividades do comércio a exemplo da Balsas e Trizidela do Vale.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.