Geovane Leal responde aos que levam uma droga de vida para tentar chegar ao poder político.


Os ataques e a tentativa de atingir meu trabalho e desmoralizar minha imagem foi mais uma batalha das diversas que eu já superei e certamente essa é mais uma que está superada!

Se esperavam destruir meus sonhos ou paralisar meu trabalho, a tentativa foi frustrada!

Atitude rasteira e covarde me deu ainda mais coragem e ousadia para seguir meu trabalho com determinação e coragem.

Aliás coragem e trabalho foi o que Dona Sílvia Leal minha mãe, Dona Cecília Leal minha vó, e minha tia Sueli Leal me ensinaram! Sim eu fui criado e ensinado por elas a superar as adversidades!

Eu superei a tristeza de perder meu pai aos 07 anos de idade, eu supero a cada dia a dificuldade de buscar meu lugar ao sol, eu supero todos os dias o pré-conceito social e racial! E desses desafios diários e aos de longo tempo eu faço deles oportunidades de crescimento pessoal e profissional.

Aos que mais uma vez tentaram paralisar meu trabalho eu pergunto, que droga de vida familiar destruída você tem né?

Que triste sina a sua, de buscar mais um objetivo de vida tentando prejudicar ou destruí uma família!?

Que bela e correta carreira política você tenta iniciar, começando pelo que é de mais cruel e desprezível, que é tentar destruir vida de um pai de família que busca todos os dias de forma honesta o sustento de seus filhos.

Adianto que logo logo mostraremos a Pedreiras os covardes que se escondem atrás do perfil falso para tal ataques a minha pessoa.

Finalizo agradecendo imensamente as diversas manifestações de carinho que recebi de várias pessoas e amigos, eu realmente não tinha noção do quanto as pessoas tinham respeito pelo meu trabalho e por minha pessoa.

A vocês fica meu compromisso com informação, levada com responsabilidade e compromisso.

Eu esperei a minha hora, cheguei e continuarei minha jornada sem desmerecer e sem desrespeitar  ninguém!

Geovane Leal Rosa

Proprietário do Estúdio S Pedreiras.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.