Sabatinado, Klebinho Branco diz que não está amarrado ao possível grupão em Pedreiras


O movimento " Movimento Unidos Por Uma Pedreiras Mais Justa"  realizou no Sábado dia (07) no auditório do  Centro Comunitário Paulo VI uma sabatina com o pré-candidato a prefeito em Pedreiras Klebinho Branco, o evento contou com a participação da sociedade civil, representantes do comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, Associação do Poetas e Escritores de Pedreiras, Blogueiros e comunicadores.

Publicidade


Por quase duas hora Klebinho foi questionado sobre Agiotagem, alianças política, meio ambiente, velha política entre outros assuntos.



O representante do Estúdio S Noticias Geovane Leal indagou o pré-candidato: Klebeinho você é figura marcante na política pedreirense nos últimos 20 anos, combateu várias administrações, criou o tribuna 101 que tem prestado um grande serviço para Pedeireiras, talvez sem o tribuna a cidade estaria bem pior. Diante de tudo isso que você já combateu, sentar com peças que foram maléficas para Pedreiras como você vem fazendo, não seria uma contradição ao seu discurso? 

Klebinho Branco: A quelas pessoas sempre tem alguma coisa que se pode tirar de bom, sempre tem. Não sei de quem você está se referindo, mas eu e Raimundo Louro já brigamos e brigamos feio, nós víamos saindo de uma administração de Edmilson Filho a qual você se lembra, que nós combatemos e combatemos forte, primeiro porque eu acreditei na juventude trazendo coisas novas, nós entramos nessa onda do novo era aquele momento, depois surgiu essa briga e a possibilidade de ser vice do Raimundo. Como eu disse politicamente muito novo ainda, mais eu acredito que a gente tem que olhar o que acontece em nossa volta, o filho do Raimundo Louro deputado Vinícius Louro ele aumentou a votação nos últimos anos , e não aumentou pouco aumentou bem. Ou seja eles tem uma forte representatividade aqui em Pedreiras, não sei a custa de que mais eles tem. Então se o nosso regime político requer esse tipo de situação não sei como eles conquistaram esses votos mais existem esses votos, a gente precisa sentar para ouvir os caras, certo? Agora não quer dizer que dali pra frente eu tenha que me misturar, não significa dizer isso. Agora que a política de Pedreiras  passa por Raimundo, por Walber isso ai todo mundo sabe são políticos antigos e eu tenho certeza que deles a gente pode sim, tirar alguma de boa. E lembrado nós não estamos amarrados de maneira alguma.

Klebinho falou ainda sobre Planejamento urbano, segunda ponte sobre o Rio Mearim e auditoria.



O assunto planejamento urbano foi abordado por Samuel Barrêto:  o pré-candidato falou está surpreso com a aprovação do Plano Diretor pela Câmara Municipal de Pedreiras. Pedi uma cópia ao secretário da pasta, nunca obtive, disseram que as associações teriam participado, inclusive a associação dos moradores do bairro Maria Rita, bairro mais afetado hoje. Tem outro caso do Condomínio no Povoado São Manuel, cadê o Ministério público ?



Perguntado pelo blogueiro Joaquim Filho: Ainda não se viu na administração pública um novo gestor entrar e fazer uma Auditoria Pública. É como quem entra, esconde os erros de quem sai. Você eleito fará uma auditoria pública na prefeitura? 

Klebinho garantiu que caso seja eleito ele faria uma auditoria  de verdade no município, não aquela que se faz para servir de palanque eleitoral, mais para de fato trazer a realidade do município para população.



O jornalista Joaquim Cantanhêde perguntouSobre velha politica, como conquistar o eleitorado se você é visto como velho político?

O comunicador foi taxativo em dizer que não está se colocando como o salvador da pátria. Pedreiras só irá mudar com a participação de todos e que ele está a disposição para contribuir com o processo eleitoral.


Publicidade


Mostrando maturidade e profundo conhecimento sobre os assuntos abordados e também dos problemas administrativos e estrutural da cidade de Pedreiras, Klebinho aplaudido ao final da sabatina.

Publicidade





Um comentário:

  1. Se lê tiver a mesma postura do pai ir foi deputado estadual, pedreiras continuará como está condenada condenada ao esquecimento.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.