Governo Antônio França: Obras paradas ou entregues com atrasos e fora do projeto original


Perto de completar 03 anos de mandato o governo França continua parado e sem grandes conquistas para cidade, e com um agravante, as obras de porte médio que foram deixadas por gestões passadas são iniciadas pelo prefeito demoram a ser concluídas, e quando entregam é fora do projeto original.

A exemplo das obras do centro comercial de Pedreiras “beco do paraíba” ,bosque seringal e quadra poliesportiva.


O centro comercial de Pedreiras, “o beco do paraíba" orçada em R$ 1. 298. 607, 20, com 75 quiosques e cobertura em tenso, que de tenso mesmo somente os dias de prejuízos que os camelôs adquiriram, teve início logo que Antônio França assumiu o governo passado quase 2 anos de muitas reclamações, os camelôs chegaram a arrancar os tapumes da obra em forma de protestos pelo atraso!

Publicidade


No aniversário da cidade em abril desse ano município resolveu  entregar a obra com alguns defeitos que foram corrigidos alguns dias depois, completamente fora do projeto original, pela beleza e estrutura que foi apresentada aos comerciantes é visível que não foi aplicado 1.298.607,20.

O espaço continua da mesma forma que era antes apenas a cobertura foi melhorada, ou seja, foi trocado seis por meia dúzia.




O bosque seringal foi outra obra que veio do governo Totonho Chicote através de uma emenda do ex-deputado Simplício Araújo mais iniciada por França e que teve grande atraso foram quase 02 também.

Os moradores próximos da obra reclamavam a todo instante com relação a poeira, lama e água parada, com forte odor.

Foi entregue no aniversário da cidade, também fora do projeto original.




Agora o grande problema é a obra da quadra poliesportiva do Povoado Marianópolis, a obra está orçada em R$ 651.922,59 recurso do FNDE Governo Federal destinado a prefeitura municipal de Pedreiras. 


Com prazo de 06 meses para conclusão, mais segundo nos 
informou o vereador Robson Rios que esteve no Povoado com outros vereadores em Outubro a mais de um mês  a empresa paralisou os serviços por falta de pagamento, o parlamentar informou que após ser publicado em suas redes sociais o proprietário da empresa Gustavo Lopes explicou que, até o momento só tinha recebido apenas R$ 20.000,00 por parte do Município.

Diante de tudo isso fica um questionamento.

O município fez ou tem um planejamento para reforma do mercado da carne?

do contrário vai ser mais uma obra com problema e prejuízos para os proprietários de quiosques!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.